Benefícios da energia distribuída para você e sua família:

Economize já no 1º mês

Reduza significativamente a sua conta de luz imediatamente após a instalação do sistema.

Estabilidade na conta de luz

Os futuros aumentos na tarifa não impactarão o seu bolso! Na verdade, você economiza mais quando a tarifa sobe.

Sustentabilidade

O sol é uma fonte de energia limpa e abundante. Migrando para energia solar, você estará contribuindo para a sustentabilidade do nosso Planeta.

Instalação simples e fácil. Sem obras.

A instalação do sistema solar não irá interferir na rotina da sua casa. Finalizamos uma instalação típica em menos de três dias.

Solicite uma proposta

Você pode economizar muito dinheiro. Começe agora a gerar sua própria energia e livre-se das contas altas.

Perguntas Frequentes

Geração Distribuída Fotovoltaica

Um sistema de energia solar fotovoltaico, também chamado de sistema de energia solar, é um sistema capaz de gerar energia elétrica através da irradiação solar. Existem dois tipos básicos de sistemas fotovoltaicos: Sistemas Isolados (Off-grid) e Sistemas Conectados à Rede (Grid-tie).

Os Sistemas Isolados são utilizados em locais remotos, não atendidos pela rede elétrica, ou onde o custo de se conectar à rede é muito elevado. Os sistemas isolados armazenam a energia em baterias para períodos onde a geração de energia não é suficiente para suprir a demanda. Já os Sistemas Conectados à Rede, funcionam de forma complementar à rede elétrica e servem para compensar a energia consumida da concessionária. Por contar sempre com a energia da rede elétrica, esses sistemas não utilizam baterias. Em momentos onde a geração é insuficiente para suprir a demanda, a energia é fornecida normalmente pela concessionária. Já em momentos onde a geração é maior do que a demanda, a energia é injetada na rede elétrica, gerando créditos que podem ser aproveitados futuramente. 

A geração distribuída é caracterizada por Sistemas Conectados à Rede, onde a energia é gerada junto aos pontos de consumo. Nessa modalidade o consumidor passa também a produzir parte de sua energia, o caracterizando como um “Prosumidor”.

1. CAPTAÇÃO

Os painéis fotovoltaicos captam a energia solar e a convertem em corrente elétrica. A quantidade e o tipo dos painéis depende do volume de energia a ser gerado e também do tipo de aplicação.

2. CONVERSÃO

O inversor recebe a energia gerada pelos painéis solares, em corrente contínua, e a converte para corrente alternada, com os mesmos parâmetros de tensão e frequência da energia fornecida pela rede elétrica. Assim, todos os equipamentos elétricos funcionam normalmente.

3. CONSUMO

Você consome a energia que foi produzida pelo seu sistema ao longo do dia. Nos momentos onde não há geração, ou esta é insuficiente para suprir todo o seu consumo, a energia elétrica é fornecida normalmente pela concessionária.

4. COMPENSAÇÃO

Caso você não consuma toda a energia solar produzida, o excedente vai para a rede da concessionária de energia, gerando créditos energéticos que podem ser utilizados em até 60 meses.

Blog

Toda semana novidades sobre o mercado de energia, energia solar, negócios, economia e mais.

Para a empresa, energia solar é uma forma econômica de...

Investimentos em geração própria de energia é alternativa para produtores...

No dia 22 de Janeiro, a Associação Brasileira de Energia...

    De acordo com projeções da ABSOLAR, em 2019,...

Receba nossa newsletter