Investimento na nova fábrica pode chegar a R$250 milhões e deve impulsionar novas oportunidades para empresas relacionadas ao setor, como as de energia fotovoltaica

Foto: CicloVivo. Estação de recarga de carro elétrico movido a energia solar em São Paulo.

Capital mineira irá receber fábrica de células de bateria de lítio-enxofre com início de operações previsto já para 2020. Iniciativa é fruto de parceria entre a Oxys Energy, do Reino Unido, e a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais – CODEMGE. A unidade será a primeira da empresa fora do Reino Unido, e colocará Belo Horizonte no mapa do desenvolvimento de tecnologias relacionadas ao setor.

De acordo com o subsecretário de Assuntos e Investimentos Estratégicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Marcos Mandacaru, em entrevista concedida ao Jornal O Tempo, a expectativa é de que a operação gere, de imediato, ao menos 60 empregos qualificados.

Essa notícia é animadora! Significa mais investimentos em tecnologia e inovação; e um provável aumento na demanda por carros elétricos, fato que influencia positivamente empresas dos setores automotivo e de energia.

Elisa Bastos