A energia solar oferece uma solução viável para nossa crescente necessidade de energia no mundo. Embora a adoção da energia fotovoltaica convencional nos telhados e nas fazendas solares tenha crescido rapidamente na última década, existem diversas aplicações alternativas que começam a se tornar viáveis.

 

As tecnologias de painéis solares transparentes, com transmissão de luz parcial, desenvolvidas ao longo dos últimos 30 anos, proporcionam métodos de integração não possíveis com módulos convencionais.

 

A implantação em larga escala necessária para compensar o consumo global de energia pode ser mais acelerada através do desenvolvimento de células solares completamente invisíveis, que absorvem seletivamente a luz ultravioleta e infravermelha próxima, permitindo que muitas das superfícies do nosso ambiente construído sejam transformadas em matrizes de colheita solar sem impactar a função ou estética.

 

Recentemente, pesquisadores da Michigan State University (MSU) publicaram estudo indicando que os painéis solares transparentes têm o potencial de gerar tanta energia solar quanto os painéis convencionais. Quando utilizados de forma eficaz, eles poderiam fornecer até 40% da eletricidade nos EUA. Já imaginou?

 

A pesquisa:

 

Dirigido por Richard Lunt, o professor Johansen Crosby Endow, Associado de Engenharia Química e Ciência de Materiais da Universidade de Michigan, criou um concentrador solar luminescente transparente que poderia gerar energia solar em qualquer superfície clara, sem afetar a visão. Em teoria, poderia ser aplicado a celulares, janelas, edifícios e carros.

 

“As células solares altamente transparentes representam a tecnologia do futuro para novas aplicações solares”, disse Lunt.

 

Ainda de acordo com o pesquisador e sua equipe, apenas 1,5% da eletricidade nos EUA é gerada pela energia solar. Painéis solares transparentes, no entanto, poderiam representar 40% da eletricidade,  caso seja usado nos 5-7 bilhões de metros quadrados de superfície de vidro no país – algo que provavelmente não ocorrerá em breve.

 

Entretanto, Lunt afirma que antes mesmo de serem considerados como fonte alternativa de energia, eles precisam ser mais eficientes. Em comparação com a eficiência de ao menos 15% do painel solar de silício, os painéis transparentes conseguem transformar apenas 5% da energia solar em energia elétrica. Apesar disso, de acordo com o pesquisador, os painéis transparentes ainda podem chegar à mesma eficiência dos painéis tradicionais.

 

No futuro, o trabalho será feito para melhorar a capacidade do painel, embora não sejam esperados superar ou substituir os painéis solares tradicionais que nos acostumamos.

 

“Em última análise, esta tecnologia oferece uma rota promissora para a adoção solar econômica e barata em superfícies pequenas e grandes que eram anteriormente inacessíveis”, acrescentou Lunt.

 

Os pesquisadores MSU vêem um futuro brilhante para a tecnologia da célula solar transparente. Veja mais sobre isso neste vídeo.

 

Esperamos que tenha gostado! Que tal começar a fazer parte do futuro e gerar sua própria energia? Solicite seu orçamento em nossa página!

 

https://www.google.com.br/search?q=transparent+solar+panels&rlz=1C1GCEA_enBR766BR766&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwj-huzR--jXAhXLIZAKHeD5BPgQ_AUICygC&biw=1280&bih=615#imgrc=F_jH-odRGmVMNM:

Transparent Solar Panels

Elisa Meira Bastos